domingo, 7 de outubro de 2012

Como importar para o Brasil: Roupas, Perfumes e outros produtos

Quando um brasileiro faz importações - ou seja, compra do exterior, independentemente do local de origem (em quase todos os casos) - então o comprador / beneficiário terá que pagar os impostos para ser capaz de receber a mercadoria.
Como exportador envio de mercadorias para o Brasil também precisa obter um número fiscal para o destinatário das mercadorias. Se você enviar a mercadoria sem, você está arriscando que os produtos fiquem parados na alfândega ou até mesmo tê-los apreendido.
Impostos Básicos de Importação:
- Se você quiser enviar remessas ao Brasil do correio, a lei brasileira só permite que mercadorias entrem se os bens não têm valor comercial, ou são destinados apenas para uso privado, e tem um valor de menor que 3000 dólares.
- Dentro destes limites um mensageiro, como FedEx será capaz de emitir autorização.
- No entanto, apesar de estar dentro dos limites permitidos mencionados, os bens serão sujeitos a direitos e impostos se o valor for superior a USD 50,00
- direitos e impostos podem adicionar mais 100 (!)% sobre o preço de mercadorias, por exemplo, imposto de importação de 60% ​​+ + imposto de 18% de vendas e em torno de USD 10,00 para as taxas alfandegárias administrativas.
- Livros e documentos estão isentos, com exceção de materiais de propaganda e impressão.
- Bens para entrar no Brasil destinadas à revenda precisam ser apuradas pela alfândega com um corretor e vai atrair deveres de acordo com padrão de categorias tarifárias harmonizadas.
Cadastro Brasileiro
- O número de identificação fiscal necessário para os embarques para brasileiros particulares é chamado CPF - Cadastro Pessoa Física - e de fato será conhecida para a pessoa, porque é como um Número de Segurança Social. Formato do número seria como: 000.000.028-00
- Para as empresas o imposto tem de ser cobrado de forma diferente e seu número de contribuinte da empresa devem ser declaradas: CNPJ - Cadastro Nacional de Pessoa Juridica.Formato do número seria algo como: 00.000.486/0001-00




Mais informações sobre a importação Para o Brasil, fornecidos FedEx:
As faturas comerciais são necessárias para todos os embarques tributáveis ​​relativos a transações comerciais entre empresas e empresas, empresas e indivíduos, independentemente do valor. Faturas comerciais deve mostrar frete, seguro e encargos similares como itens separados quando aplicável, independentemente do INCOTERM utilizado na transação.
Detalhes da fatura específicas são necessárias para uma série de produtos, incluindo os seguintes:
* Têxteis - a quebra de tecido, seja de malha ou tecido e, para artigos de vestuário, o de gênero;
marcados com * / mutilados amostras - as palavras â € œmutilated samplesâ €? ou â € œ amostras marcadas, não para resaleâ €? conforme o caso;
* Software em CDâ € ™ s e disquetes - O valor do software devem ser apresentados separadamente de suporte de software.
Conhecimento Aéreo â € "Um certificado de conhecimento aéreo ou portadores (nome do destinatário para fins aduaneiros) é exigido como prova do consigneeâ € ™ s direito de fazer a entrada.
Valoração Aduaneira
Em 1 de janeiro de 1995, o Brasil implementou a Nomenclatura Comum do Mercosul, conhecido como o NCM (Nomenclatura Comum do MERCOSUL), de acordo com o Sistema Harmonizado (SH) para a classificação tarifária.
Brasil direitos de importação
embarques por via aérea avaliados entre USD 51 e USD 3.000 estão sujeitos a um imposto de 60% ​​plana e imposto sobre o valor FOB do embarque, independentemente da mercadoria.Medicamentos de uso pessoal estão isentos deste imposto e encargo. Produtos de tabaco e bebidas alcoólicas não podem ser enviados por via aérea serviço expresso.
Brasil também avalia os seguintes impostos e taxas de importação mais e acima de dever e de impostos:
·  taxa de corretagem -1% de valor CIF
·  Imposto Armazém -1% da Taxa de imposto de importação para as despesas de manutenção varia de acordo com o valor do produto (a partir de 20 USD a 100 USD)
·  Comissão de Administração-atualmente fixada em 50 USD Porto adicionais de impostos totalizando duas taxas de 3% do valor CIF
·  A taxa de renovação Merchant Marine (MMR) é avaliado em 25 por cento dos custos de frete do oceano sobre as importações por via marítima, a pagar pelo importador.
·  Existe legislação atual que propõe uma redução do imposto MMR para 10 por cento.
Mercadorias que entram sem imposto inclui jornais, mapas, livros e revistas. Bagagem dos passageiros, tais como roupas pessoais, jóias, bens de consumo e outros objetos para uso profissional ou doméstico do passageiro, estão isentas do imposto e tributária. Recordações com um valor não superior a 500 USD também entrar sem imposto. Efeitos pessoais dos indivíduos transferindo residência para o Brasil são um direito de livre se acompanhadas por uma autorização pela Embaixada ou Consulado brasileiro no país de origem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário